Copywriting: 4 estratégias que você deve usar na sua copy

By Leandra Soares - Admin | Call to Action (CTA)

jul 06
4 estratégias para copy

Copywriting: 4 estratégias que você deve usar na sua copy

Quem me acompanha aqui sabe que eu amo falar de copywriting e como vocês estão sempre me enviando pedidos de novas dicas e estratégias, resolvi escrever este artigo.

 

Estas 4 estratégias que você deve usar na sua copy são fundamentais para alcançar o objetivo esperado.

 

São estratégias que eu aprendi quando iniciei e fui aprimorando ao longo do meu conhecimento como Copywriter.

 

Mas antes de começarmos quero deixar claro aqui dois pontos importantes:

 

Primeiro:Seja você iniciante ou já tenha um bom conhecimento sobre o assunto, estas estratégias servem para ambos os casos, ou seja: o seu! Porém, é necessário treinar e praticar ao máximo para se aprimorar também. 

 

Segundo: As estratégias que vou te ensinar agora não são um passo a passo! 

 

Isso significa que não precisa utilizar todas ao mesmo tempo em seu texto. 

 

Por exemplo, se você pretende criar um conteúdo que visa construir a sua autoridade no nicho em que atua, provavelmente irá aplicar a persuasão e quebrar as objeções.

 

Mas pode ser que não precise realizar a chamada para ação, caso não pretende induzir alguém a fazer o que você deseja.  Entendeu?

 

Copywriting não significa uma receita pronta onde você mistura tudo e pensa que vai dar certo.

 

Se fosse tão fácil assim, não seria um tema que gera tantas dúvidas para a grande maioria das pessoas.

 

E é por isso que como tudo em que se pretende ser bom, você precisa estudar… e muito! 

 

Mas se você ainda não sabe bem ao certo o que é copywriting e como aplicar no seu negócio para conquistar clientes e aumentar as vendas, leia este texto e depois retorne aqui.

 

Estas 4 estratégias vão fazer muita diferença na estrutura da sua copy, então leia, anote e aplique o quanto antes.

 

Agora vamos lá! 

 

4 estratégias que você deve usar na sua copy

dicas de copywriting

 

A partir dessas estratégias você vai conseguir criar a sua copy com mais eficiência ou saber o que pode está faltando para que ela gere o resultado esperado.

 

E se ao final deste artigo ainda tiver alguma dúvida, é só deixar aqui nos comentários que eu mesma irei responder.

 

Confira a seguir as 4 estratégias que você deve usar na sua copy.

 

1 – Aplique a Persuasão

 

Essa meus seguidores já estão careca de saber!  Eu já fiz lives, vídeos, e artigos sobre o tema.

 

Mas se quiser entender melhor eu explico neste artigo aqui.

 

Provavelmente você deve estar se perguntando o por que estou falando novamente, se já disse tantas outras vezes.

 

Simples! Esse é uma dos pontos mais importantes em toda e qualquer copy!

 

A persuasão deve ser a base de todo o seu texto, e isso não quer dizer que serve somente para quando for vender. Pelo contrário! 

 

Você pode persuadir seus clientes por exemplo de que a sua empresa, é uma referência na área.

 

Ou aplicar a persuasão para ensinar um conteúdo ao seu público, construindo autoridade perante a sua imagem.

 

E eu nem vou entrar aqui naquela questão de persuadir ser o mesmo que manipular. 

 

Se você ainda pensa assim, acredite: está completamente enganado! E eu te provo isso aqui neste vídeo em meu canal do Youtube. Mas veja depois que finalizar a leitura!

 

O fato é que Copywriting é o conjunto de técnicas persuasivas capazes de levar uma determinada pessoa a tomar uma ação.

 

Ou seja, é o casamento perfeito para quem quer dominar a mente do cliente e oferecer uma solução aos problemas dele.

 

2 – Use os Gatilhos Mentais (mas com cautela!)

 

Das 4 estratégias que você deve usar na sua copy, esta em especial é motivo de muitas dúvida.

 

Sempre que falo em gatilhos mentais tenho a impressão de que muitas pessoas se perdem com tantas opções oferecidas. 

 

Isso porque existem mais de vinte gatilhos mentais ao seu dispor. Porém mesmo sendo eficientes é necessário ter muita cautela ao usar.

 

Lembra o que disse no começo, que nada é uma receita pronta? É exatamente este ponto. 

 

Já li algumas copy (se é que podem ser chamadas de copy), onde foram aplicados vários gatilhos mentais em sequência, perdendo o efeito e deixando o texto ineficiente.

 

Então entenda de uma vez por todas: um bom texto de copywriting não é uma mistura de gatilhos mentais!

 

Eles são ótimos quando usados da maneira certa, e principalmente na hora certa.

 

E antes que comece aquela discussão se funcionam ou não como tenho visto pare e pense…

 

O gatilho mental do pertencimento utilizado por grandes empresas como Apple, Samsung, Netflix, e muitas outras já foi o responsável por aquele famoso “empurrãozinho” em muitas vendas, campanhas e assinaturas.

 

Da mesma foma, quando aplicado em nichos específicos como de mulheres que amam maquiagens, clubes dos livros e tudo o que permite a sensação de pertencer a um movimento maior, com pessoas que compartilham das mesmas ideias que você.

 

Já deu para perceber que se usado corretamente pode ser um grande potencial em vendas e resultados, certo?

 

E é isso que muitas empresas descobriram. 

 

Por isso mesmo sendo contestado recentemente por alguns estudiosos se os Gatilhos Mentais funcionam ou não na mente do receptor, eu te afirmo que já tive muitos resultados, mas é necessário saber quando usá-los.

 

3 – Acabe com as possíveis objeções

 

Eu sei que muitos leitores devem achar que esta estratégia serve apenas quando o objetivo da copy é vender.

 

Mas se você pensa assim, está pensando errado! As objeções devem ser quebradas ao longo do trajeto.

 

Para quem ainda não sabe, objeções são etapas que o cérebro cria para contestar as informações que chegam à ele.

 

É como se fosse um desconfiômetro natural!

 

Pode ser mais fácil de entender quando se pensa em artigos científicos ou matérias de jornais mundialmente famosos. 

 

Por mais que uma pessoa leia, não concorde e até desconfie, ao reconhecer a fonte como uma autoridade no assunto, o cérebro tende a aceitar com mais facilidade. Já aconteceu com você?

 

Da mesma forma ocorre com seus clientes. 

 

Ou seja, quebrando as objeções, além de tranquilizá-los que você tem muito conhecimento sobre o assunto, permite que eles (ou o cérebro deles), confie na sua informação.

 

4 – Tenha uma chamada para ação:

 

Se tem um aprendizado importante que tive ao longo dos meus estudos, é que de nada adianta aplicar gatilhos mentais e a persuasão, se você não der uma chamada para ação.

 

Não entendeu? Eu te explico!

 

O cérebro humano foi feito para economizar o máximo de energia e evita ao máximo tomar decisões rápidas que podem confundi-lo.

 

Isso quer dizer que ele não parte para ação rápido e se você permitir seu cliente irá entrar em uma batalha interna pensando e pensando cada vez mais!

 

Então para encurtar este caminho, é necessário que você mostre ao cérebro dele o que fazer naquele exato momento.

 

Esta é a chamada para ação.

chamada para ação

 

Das 4 estratégias que você deve usar na sua copy, essa eu considero simples de aplicar.

 

Quando você está assistindo à um vídeo por exemplo e ouve: “Clique aqui agora”, “Se inscreva aqui”, “Compre agora nesse link”… tudo isso é alguém tentando influenciar a sua mente a fazer aquilo que ela quer.

 

Viu como estudar copywriting aqui no blog te ajuda a perceber o que seu cérebro nunca percebeu?

 

Esse ponto é mais importante quando se quer vender algum produto ou serviço, pois antes que a mente comece a procurar motivos para não comprar, ou especular novas objeções, a sua chamada para ação vai dar o comando indicando como ele deve agir naquele momento.

 

Ou seja, mesmo sendo fácil de usar, quando utilizada em uma boa copy, pode ser o passo final para alcançar o resultado esperado.

 

Meu conselho é pratique, pratique e… pratique!

 

Eu sei que em primeiro momento estas estas estratégias podem parecer confusas quando se aplica em uma copy.

 

Por isso, mesmo que você tenha dificuldade a dica é continuar praticando.

 

E se ainda tiver alguma dúvida pode deixar aqui nos comentários.Ou caso não tenha tempo para estudar e precisa realizar vendas de imediato, clique aqui para falar comigo.

 

Mas caso queira continuar estudando e aprendendo, vou deixar aqui neste link um artigo meu onde recomendo alguns livros que considero importantes sobre copywriting e me ajudaram muito.

 

Boa leitura!

About the Author

Leave a Comment:

Leave a Comment: